Iniciativa é fruto da parceria do venture capital Invisto com a Associação Catarinense de Tecnologia Acate para promover o empreendedorismo feminino

Por Naiara Bertão

Invisto, venture capital da região sul do Brasil, em parceria com a Associação Catarinense de Tecnologia Acate vai destinar parte do seu fundo de R$100 milhões para investimentos nas chamadas scale-ups (startups com alto potencial de crescimento) chefiadas por mulheres.

“Acreditamos que ações como esta são estímulos para as mulheres seguirem no mercado tecnológico, terem coragem de tirar uma grande ideia do papel e iniciar sua startup. São essas iniciativas que fortalecem o empreendedorismo feminino”, garante Marina Leite, diretora de relações com investidores e desenvolvimento de negócios da Invisto.

Mesmo com a pandemia que tomou conta do mundo, as empresas de tecnologia foram as que mostraram maior crescimento em 2020. Apenas na Invisto, as empresas que compõem o portfólio cresceram 25% no primeiro semestre do último ano.

Números do último estudo realizado pela Acate, apontam que Santa Catarina foi o estado que mais cresceu em número de empresas de tecnologia, aumentando em 10% no ano de 2020, se comparadas com o ano anterior, fortalecendo ainda mais o ecossistema catarinense.

Critérios de seleção

Para esta iniciativa, a Invisto que priorizar aquelas empresas que têm preferencialmente como CEO ou como parte integrante do conselho da empresa, MULHERES.

As startups também devem se encaixar nas seguintes características:

  • scale-ups com modelo de negócios business-to-business (B2B) que tenham sua solução baseada em tecnologia, principalmente aquelas que desenvolvem, comercializam e/ou distribuem softwares as a service (SaaS);
  • localizadas preferencialmente na região Sul e Sudeste do Brasil;
  • conduzida por no mínimo dois empreendedores fundadores com dedicação full time;
  • que estejam em estágio de tração e com receita mensal mínima de aproximadamente R$ 100 mil;
  • com potencial para internacionalização;
  • empresas que têm potencial de impacto pelos padrões ESG e disseminam o conceito de cultura inclusiva com oportunidades iguais para todos os colaboradores.

Fonte: Valor Invest

O post Fundo investe em empresas comandadas por mulheres apareceu primeiro em OasisLab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *

close-link