A meta de Venture Builder é chegar ao fim do ano com 25 startups em seu portfólio para solucionar dores das redes varejistas

Por Redação

Farma Ventures completa, neste mês de março, um ano de existência com a proposta de trazer soluções disruptivas para o varejo farmacêutico brasileiro. Considerada a primeira venture builder do setor, a companhia seleciona e desenvolve startups que têm sinergia com as redes de farmácias e drogarias, solucionando as principais dores dessas empresas.

A meta da Farma Ventures é chegar ao fim do ano com 25 startups integrando seu portfólio. As startups que foram selecionadas em 2020 pela venture builder estão em fase de implementação em grandes redes do varejo farmacêutico pelo país.

Destaque para a Ligo (acompanhamento em tempo real de centros de distribuição e PDVs, redução do prazo de estoque com redução de rupturas); Fui Now (entrega de pedidos em 30 minutos); XLZ (intermediação de pagamentos e antecipações de recebíveis) e UseCash (gestão e pagamentos de campanhas de incentivos de vendas).

O desenvolvimento de outras startups já está sendo trabalhado pela venture e, em breve, essas soluções serão incorporadas no canal farma, a exemplo da tecnologia inédita de pagamento via reconhecimento facial.

“Ao viabilizar a atuação dessas empresas, possibilitamos ao setor suprir algumas de suas carências na gestão dos processos, no atendimento ao cliente e na implementação de novos serviços. O propósito da Farma Ventures é construir o futuro do varejo farmacêutico com conexão e inovação”, comenta o CEO Marcos Knosel. A Farma Ventures é uma iniciativa da Farmácia Indiana e da Rede Drogal.

 

Fonte: Panorama Farmacêutico

O post Farma Ventures completa um ano atraindo startups de farmácias apareceu primeiro em OasisLab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *