Nova edição de relatório da ABFintechs e PwC mostra que quase metade das startups aumentou receita em mais de 100%

O ecossistema de fintechs no Brasil está amadurecendo, segundo relatório anual Fintech Deep Dive, publicado pela Associação Brasileira de Fintechs (ABFintechs) em conjunto com a consultoria PwC.

A terceira edição da pesquisa revela que em quase metade das fintechs do país cresceu a receita em mais de 100% ao longo de 2019, comparado ao ano anterior. Hoje, 58% das startups faturam mais do que R$ 350 mil anuais; em 2020, esta proporção não chegava aos 50%.

No entanto, o maior sinal de amadurecimento do setor é o fato de que houve aumento relevante entre as empresas com pelo menos 100 funcionários: são 12%, diante de 8% na edição anterior do relatório. Além disso, aumentou para 35% a proporção das empresas que estão em operação há pelo menos 5 anos, indicando a resiliência em um momento delicado para a economia nacional.

Veja mais dados da pesquisa aqui.

Fintechs brasileiras crescem receita, mas levantam menos aportes – The Shift

O post Ecossistema de fintechs amadurece apareceu primeiro em OasisLab.

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *