Em sessão de perguntas e respostas no Web Summit 2020, Mark Cuban fala sobre o que o impulsiona e os segredos de seu sucesso

 

Empresário, produtor de conteúdo multimídia, filantropo, investidor, apresentador de TV, dono de time da NBA. Mark Cuban é um homem de muitos rótulos, forte personalidade e disposição para comprar briga sempre que ele acredita estar certo (o que acontece com frequência). “Quando comprei o Dallas Mavericks (da NBA), comprei por amor ao basquete, mas levei para a equipe o meu jeito de fazer negócios. Claro que isso provocou mal-estar no meio, mas eu não estou nem aí”, diz, com uma franqueza às vezes desconcertante.

Como se já não fosse popular pela personalidade forte e a presença constante nas quadras da NBA acompanhando seu time, Cuban se tornou celebridade por ser um dos jurados do Shark Tank americano. E, assim como Donald Trump, que também ficou famoso como apresentador de TV antes de se aventurar na Casa Branca, Cuban pensou sério em política. “Eu seria melhor que qualquer dos candidatos desta eleição”, afirma, se referindo a Trump e Biden. “Mas minha família foi contra, e fazer política sem a família apoiar é impossível”.

No primeiro dia do Web Summit 2020, que acontece nesta semana em versão online, Cuban participou de uma sessão de perguntas e respostas em que não somente não fugiu das questões, como parecia querer aproveitar ao máximo cada segundo da conversa. Entre perguntas sobre seus negócios, sua origem, Shark Tank, basquete e jogadores que seriam bons políticos (Michael Jordan, Dirk Nowitzki e Luka Doncic, segundo ele), foi possível conhecer um pouco mais sobre a mente de Mark Cuban.

 

Negócios na pandemia

“As pessoas descobriram formas melhores de fazer negócios durante a pandemia. Entenderam que o jeito antigo não funcionava mais e tiveram a coragem de experimentar o novo. Isso tem sido muito positivo”

 

Como ficar para trás

“Você tem que amar tanto o que faz, amar tanto seu produto ou serviço, que fica procurando o tempo todo formas de melhorar. Se você não for assim, vai acabar sendo atropelado pela concorrência”

 

O “segredo” para ser um bom vendedor

“Vender tem duas partes. Você precisa conhecer muito bem seu produto e conhecer muito bem seu cliente. Se você tem isso, consegue juntar as duas pontas e fazer o cliente feliz. E fazer o cliente feliz é tudo o que importa”

 

O poder da conexão

“O líder tem que manter o olhar nos objetivos e conectar essas metas aos sonhos e objetivos dos colaboradores. Quando existe essa conexão, a mágica acontece. Nas 95% de empresas que são pequenas, é possível fazer essa conexão no dia a dia, olho no olho. É assim que a cultura é criada e os objetivos são alcançados”

 

A melhor hora de empreender

“A melhor hora de empreender é no fim da adolescência até os 20 e poucos anos. Foi o que aconteceu comigo. Eu não corria riscos: eu simplesmente não tinha nada a perder, então ia para cima com toda a garra”

 

Como reduzir seus riscos

“O risco é inerente a qualquer negócio, mas quando você encontra formas de ser melhor que o concorrente, e tem um foco permanente em ser melhor, você diminui seus riscos. Outro ponto importante é estar muito consciente de quem você é de quais as suas forças e fraquezas”

 

Personalidade ou capacidade?

“Os traços de personalidade são o aspecto mais importante de qualquer parceiro ou colaborador. A menos que exista uma habilidade técnica ou física que seja essencial, como ser alto para jogar basquete. Você pode ser uma pessoa incrível, mas se não tiver quase 2m de altura, não vai entrar na quadra”

 

Um conselho para as startups

“Antes de encontrar um investidor, se concentre em ter um negócio. Crie um protótipo, faça um MVP, comece a vender, crie um histórico de vendas. Isso vai te dar experiência e ajudar a encontrar investidores e oportunidades de negócios”

 

Errar é humano

“Errar é parte de ter um negócio. Já cometi milhares de erros, mas eu tento cometer erros pequenos e ter grandes acertos. Descobri, ao longo do tempo, que ser um bom ouvinte ajuda muito a tomar melhores decisões, errar menos e acertar mais”

 

Confira a cobertura completa do Web Summit 2020 no site do OASISLAB.

 

O post A mente de um mega empreendedor apareceu primeiro em OasisLab.

Deixe um comentário

O seu endereço de e-mail não será publicado.